Graduação em Fisioterapia: Conheça o curso

Profissional pode atuar em clínicas, hospitais ou de forma autônoma

Tempo estimado de leitura: .

27 de novembro de 2023

Dentro da área da saúde, a graduação em Fisioterapia ocupa um lugar de destaque, especialmente após a pandemia, onde os profissionais da área foram cruciais para o bom resultado dos tratamentos da Covid-19. De acordo com dados do Mapa do Ensino Superior no Brasil de 2022, o curso está entre os 10 mais procurados nas instituições de Ensino Superior privadas do país. Mas, afinal, o que se pode esperar desta formação?

Um curso de graduação em Fisioterapia tem como principal objetivo fornecer uma base sólida em ciências da saúde, anatomia, fisiologia e técnicas fisioterapêuticas. Durante os primeiros semestres, os alunos têm o foco nas disciplinas teóricas, que estabelecem o conhecimento essencial para entender o funcionamento do corpo humano e as condições que podem levar à necessidade de intervenção do profissional de fisioterapia.

A formação prática é outro momento importante do curso. Os alunos, por meio de estágios clínicos e práticas supervisionadas, aplicam seus conhecimentos a partir da teoria obtida em sala de aula. Para muitos deles, é o primeiro contato com pacientes e a primeira experiência com desafios reais da profissão. 

Carreira promissora

O mercado de trabalho para fisioterapeutas tem apresentando um crescimento exponencial. O relatório realizado no início de 2020 pelo Fórum Econômico Mundial apontou a fisioterapia como uma das carreiras mais promissoras para as próximas décadas. Com o envelhecimento da população, a demanda por serviços de fisioterapia aumentou. Além disso, o reconhecimento crescente da importância da fisioterapia em lesões esportivas e recuperação pós-cirúrgica amplia ainda mais as oportunidades de emprego.

Fisioterapeutas são requisitados em hospitais, clínicas privadas, centros de reabilitação, academias, escolas e até mesmo em equipes esportivas. A diversidade de cenários de atuação oferece aos fisioterapeutas a flexibilidade de escolher o ambiente que melhor se alinha com seus interesses profissionais.

A média salarial para profissionais da Fisioterapia varia de acordo com a região do país e o nível de experiência. Recentemente, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que estabelece o piso salarial da profissão para R$ 4,8 mil. O site Vagas.com apresenta que o salário atual de um fisioterapeuta no Brasil gira em torno de R$ 2,7 mil, podendo chegar até R$ 6 mil para áreas como traumatologia. Especializações, como fisioterapia esportiva ou neurológica, também trazem a possibilidade de aumento de salário para o profissional. 

Além do conhecimento técnico, os futuros fisioterapeutas também desenvolvem habilidades de comunicação ao longo do curso, elemento essencial para interagir de maneira eficaz com os pacientes. A oportunidade de fazer a diferença na vida das pessoas, combinada com as boas perspectivas do mercado de trabalho, faz da Fisioterapia uma ótima escolha para aqueles que buscam uma carreira na área da saúde. Agora, já imaginou estudar em uma instituição inovadora e repleta de diferenciais? Clique aqui e conheça o curso de Fisioterapia da Atitus.

Mais Acessados

... Notícias

Medicina Atitus 2024/1:  2ª chamada de aprovados no processo seletivo

27 de novembro de 2023

... Carreiras

Administração Pública: Como trabalhar na área?

14 de dezembro de 2023

... Tecnologia

3 livros essenciais para os apaixonados por Ciência da Computação

26 de setembro de 2023