Estagiando: o olhar de quem está iniciando na área da ciência da computação

Acadêmico compartilha como é estagiar já no primeiro semestre do curso

Tempo estimado de leitura: .

31 de maio de 2023

Experiência prática, aprendizado além da sala de aula, networking: essas são algumas das razões pelas quais realizar um estágio extracurricular é muito valioso. O estudante Giovane Grandi, do curso de Ciência da Computação da Atitus, do Campus Caldeira, acredita que essa conexão com o mercado fortalece seu conhecimento e desenvolve seu potencial profissional.

Aluno da primeira turma do curso da Atitus naquele campus, Giovane avalia os diferenciais da instituição. “O que mais me atraiu foi a forma de ensino fora do “tradicional”, trazendo diversas empresas para auxiliar no desenvolvimento dos alunos e sempre mantendo uma visão empreendedora sobre a programação, além de ter diversas microcertificações na área. Tudo isso pesou positivamente para a escolha da Atitus e hoje vejo como essa decisão foi extremamente assertiva”, disse.

Mesmo no primeiro semestre, o estudante já está estagiando na área. “Trabalho na Ubots, uma das maiores empresas de inteligência artificial do país. Atuo no setor de Suporte N1, onde presto auxílio aos clientes fazendo adições no sistema, tanto para os bots (robôs), quanto para os atendentes humanos ou até investigando erros e mapeando a melhor solução para o cliente”, explica.

“Meu trabalho me ajuda muito a desenvolver o meu raciocínio lógico, além da minha resolução de problemas e isso me traz diversos benefícios para a área da programação. Além de melhorar minhas soft skills, trabalho em um time com outras pessoas, por isso preciso saber trabalhar bem em equipe e saber como agregar no time. Também vivo em contato com o cliente, o que melhora muito minhas habilidades de comunicação”, revela o estudante da Atitus.

E para quem busca estágios, o futuro profissional tem algumas dicas. “Eu diria que a principal qualidade para se conseguir um estágio seria as soft skills, de maneira em geral. Como você está ingressando em um cargo para aprender sobre programação/tecnologia, não importa se você é um gênio programando, os recrutadores se atentam mais em como você se comunica, se você lida bem com pessoas. A parte técnica dá para aprender com o tempo na empresa”, entende.

A experiência como aluno da Atitus também foi destacada por Giovane. “Vem sendo incrível estudar na instituição, ainda mais por estar no Instituto Caldeira (um dos maiores hubs de inovação do país), o que nos traz diversos benefícios, pois estamos vivenciando o mercado de inovação e tecnologia praticamente de forma diária. A todo momento temos palestras, eventos sobre inovação, podemos conversar com profissionais da área, além de ter diversas empresas gigantescas praticamente no nosso quintal, o que estreita ainda mais as relações dos alunos com elas”, revelou Giovane.

Série Estagiando

Toda semana contamos histórias de alunos e egressos da Atitus que viveram experiências enriquecedoras nos estágios. Acompanhe pelo site e pelas redes sociais da Instituição.

Mais Acessados

... Carreiras

Administração Pública: Como trabalhar na área?

14 de dezembro de 2023

... Carreiras

Negócios na telinha: 3 séries imperdíveis para quem quer empreender

14 de dezembro de 2023

... Notícias

Professora e aluno da Atitus são voluntários de projeto social de robótica educacional

21 de dezembro de 2023