Atitus fortalece parcerias em evento de Pesquisa Clínica em São Paulo

Docente do Programa de Pós-Graduação em Odontologia representou a instituição

Tempo estimado de leitura: .

02 de dezembro de 2023

No último dia 9 de novembro, o professor Bernardo Antonio Agostini, docente do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Atitus, participou do meeting de iniciação de pesquisa clínica realizado em São Paulo. Ao lado de Keyla Deucher, CEO da Bioserv Life Sciences e do Instituto Méderi de Pesquisa e Saúde, o professor participou ativamente de debates para o desenvolvimento de um fármaco inovador voltado à analgesia da dor. O evento, promovido pela Eurofarma, teve como cenário o Eurolab, o espaço de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa situado em Itapevi-SP, com um investimento anual superior a 200 milhões de reais e uma equipe de mais de 400 profissionais.

evento-pesquisa-clinica.jpeg

A participação do docente no evento é fruto da colaboração entre a Atitus, o Instituto Méderi de Pesquisa e a Bioserv, evidenciando o comprometimento das instituições com a consolidação da pesquisa clínica em âmbito regional. Além disso, o evento destaca o envolvimento não apenas do professor, mas de todo o Programa de Pós-Graduação em Odontologia da instituição, enfatizando o papel crucial da pesquisa como fonte de oportunidades e geração de valor para a comunidade.

O professor destaca a importância de consolidar parcerias por meio da pesquisa clínica como uma forma de ampliar o portfólio de atuação dos profissionais da saúde, proporcionando à comunidade tratamentos eficazes. “Assim, aliamos o caráter formativo do programa com a pesquisa atrelada as necessidades das pessoas”, destacou o docente.

Para a professora Dra. Caliane Almeida, head de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Atitus, o estabelecimento de relações acadêmico-científicas com importantes atores de mercado, de reconhecimento e atuação multinacional, como a Eurofarma, certificam um conjunto de aspectos relacionados ao PPG da Odontologia da instituição. “Por um lado, atesta a expertise e a qualidade dos recursos humanos deste Programa para a condução de pesquisas complexas, envolvendo diferentes hélices (instituição de ensino, empresas, institutos de pesquisa e sociedade). Por outro, certifica a competência do PPG e da instituição para o estabelecimento de relações positivas e produtivas no tocante à geração de impactos reais para a prática em odontologia, à medida que gera resultados (evidências científicas), fruto de procedimentos conduzidos com rigor metodológico. O consumo destes resultados provenientes de pesquisa clínica é fundamental para os profissionais da saúde, na perspectiva do aprimoramento de suas práticas”, destacou.

O grande desafio desta próxima década é formar e capacitar profissionais da área da saúde com discernimento para entender significância clínica e estatística, com competência quer, para medir o impacto de uma pesquisa clínica e quer para saber se a intervenção proposta traz redução da morbimortalidade e melhoria na qualidade de vida dos pacientes atendidos em serviços de saúde.

Se você se interessa pelos benefícios médicos e odontológicos da pesquisa clínica, há a oportunidade de contribuir como voluntário. Mais detalhes podem ser encontrados clicando em Voluntários de Pesquisa – Instituto Méderi. Essa é uma chance de participar ativamente na busca por avanços na área da saúde.

Mais Acessados

... Notícias

Medicina Atitus 2024/1:  2ª chamada de aprovados no processo seletivo

27 de novembro de 2023

... Carreiras

Administração Pública: Como trabalhar na área?

14 de dezembro de 2023

... Tecnologia

3 livros essenciais para os apaixonados por Ciência da Computação

26 de setembro de 2023